I Seminário Catarinense sobre a Inclusão Educacional da Pessoa com Deficiência Visual

I Seminário Catarinense sobre a Inclusão Educacional da Pessoa com Deficiência Visual

Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

A ACIC, Organização não Governamental, sem fins lucrativos e de caráter sócio assistencial, que atende pessoas cegas ou com baixa visão de todo estado de Santa Catarina, por meio da prestação de serviços nas áreas de habilitação, reabilitação, profissionalização, cultura, esporte e lazer, foi fundada em 18 de junho de 1977, por um grupo de pessoas cegas que percebeu a necessidade de mobilizar esta parcela da população, para que pudessem tornar-se visíveis enquanto sujeitos de direitos.

No transcorrer desta jornada, após trinta e sete anos, percebemos mudanças significativas em relação ao que se entende por deficiência e tais transformações são visíveis no modo como a pessoa com deficiência visual hoje é encarada na sociedade, sendo indivíduos produtivos, que exercem múltiplos papéis sociais e contribuem para o desenvolvimento social.
Com base nestes objetivos, propõe a realização de um seminário para discutir a temática da inclusão educacional da pessoa com deficiência visual e o papel das redes de serviço para a consolidação deste paradigma, a realizar-se nos dias 28 e 29 de outubro de 2014, no auditório da entidade, em Florianópolis.

Público alvo:

Professores da rede regular de ensino que atendem alunos com deficiência visual, professores de AEE/ Sala Multimeios/SAEDE’s, Coordenadores Pedagógicos, Supervisores e Administradores Escolares, estudantes do curso de Pedagogia e interessados pela temática.

Objetivos:

Objetivo geral:

  • Promover debates referentes à inclusão educacional da pessoa com deficiência visual, bem como compreender o papel das redes de serviço neste processo.

Objetivos específicos:

  • Ampliar o debate em relação ao modelo social de deficiência, articulando-o ao conceito de inclusão;
  • Refletir acerca dos papéis da rede de serviços no que diz respeito à inclusão social da pessoa com deficiência visual no âmbito educacional;
  • Compreender o diagnóstico como uma ferramenta que aponta caminhos de intervenção integral à pessoa com deficiência visual;
  • Discutir ações que promovam maior participação do grupo familiar no processo de inclusão da pessoa com deficiência visual no espaço educacional;
  • Perceber a importância do trabalho dos serviços ligados à educação especial para a efetivação do processo de inclusão educacional da pessoa com deficiência visual;

Inscrições, translado e alimentação:

* A inscrição terá o valor de R$100,00 (cem reais) para aqueles que inscreverem-se até o dia 28 de setembro de 2014 e de R$120,00 (cento e vinte reais) a quem efetuar este processo após esta data.
* A inscrição deverá ser realizada aqui e somente será homologada após encaminhamento do comprovante de depósito, em até 24 horas após o preenchimento do formulário de inscrição, para o fax (48) 3261-4508 ou para o endereço eletrônico seminario@acic.org.br
* O depósito deverá ser feito em nome da Associação Catarinense para Integração do Cego, Banco do Brasil, Agência 52019, Conta Corrente 357.645-0
* O translado e alimentação (almoço) será de inteira responsabilidade dos participantes, sendo gratuito apenas aos palestrantes.
- Cada participante receberá certificado de 20 horas, o qual será enviado no prazo de 90 dias para o endereço eletrônico informado no formulário de inscrição.
- Apenas terão direito a certificação aqueles participantes que possuírem 100% de frequência no evento.

Sugestões de hospedagem:

A comissão organizadora não se responsabilizará pela hospedagem dos participantes, entretanto, estes poderão hospedar-se nos hotéis indicados obtendo valores diferenciados nas diárias durante o período do evento, bastando informar que está inscrito no Seminário da ACIC.
Segue a listagem de hotéis parceiros e contatos dos mesmos:

Centro de Hospedagem da Associação Catarinense para Integração do Cego - ACIC:

Localização: Rodovia Virgílio Várzea, 1300, Saco Grande, Florianópolis
Telefone: (48) 3261-4500 ramal 4507
E-mail: administracao@acic.org.br
Site: www.acic.org.br
Distância até o local do evento: fica na própria Instituição

Alojamento da Fundação Catarinense de Educação Especial - FCEE:

Localização: Rua Paulino Pedro Hermes, 2785, Nossa Senhora do Rosário, São José
Esta opção de hospedagem será gratuita para as 30 primeiras pessoas inscritas que manifestarem interesse e não residirem na região da Grande Florianópolis.
É necessário levar roupa de cama e banho. Não inclui café da manhã.
Distância até o local do evento: 19,4 km

Alimentação e translado:

O translado, e alimentação (almoço) será de inteira responsabilidade dos participantes.

Programação preliminar do Seminário:

Dia 28 de outubro (terça-feira)

  • 08:00 às 09:00: Credenciamento e entrega de materiais na secretaria do evento, acompanhado de coffee-break.
  • 09:00: Solenidade de abertura.
  • 09:30: Palestra: “A importância do Diagnóstico para o processo de inclusão da pessoa com deficiência visual”
    Palestrante: Maristela Sartorato Pauli Bianchi. Graduada em Pedagogia - Orientação Educacional pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, habilitação em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC e Especialização em Psicopedagogia Institucional pela Universidade Castelo Branco. Trabalha na Associação Catarinense para Integração do Cego - ACIC desde 1997, atualmente ocupando o cargo de Gerente Técnica dos Centros de Serviços.
  • 10:10: Debates.
  • 10:30: Palestra: “O modelo social de deficiência qualificando o processo de inclusão”
    Palestrante: Adriano Henrique Nuernberg. Psicólogo, mestre em Psicologia, Doutor em Ciências Humanas na UFSC e Pós-Doutor em Psicologia pela UFRGS. Professor do Departamento de Psicologia da UFSC, atuando no campo de estudos sobre deficiência e inclusão escolar. Membro do Comitê Gestor da Coordenadoria de Acessibilidade Educacional da UFSC.
  • 11:10: Debates.
  • 11:30 às 13:30: Intervalo para almoço.
  • 13:30: Painel 1:
    Tema: A política de Educação Especial no processo de inclusão da pessoa com deficiência visual.
    * Política de Educação Especial do Estado de Santa Catarina – Painelista: Ivone Schaefer, Integradora de Educação Especial
    * Política de Educação Especial do município de Florianópolis – Painelista: Ana Paula Felipe, Graduada em Pedagogia com Habilitação em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Cursou Especialização em Políticas Inclusivas pela FACVEST de Lages e Especialização em Atendimento Educacional Especializado - AEE pela Universidade Federal do Ceará – UFC. Trabalhou em Apoio Pedagógico com crianças com dificuldade de aprendizagem, Educação de Jovens e Adultos, atuou como professora de crianças com deficiência intelectual com associações a outras deficiências ou síndromes, foi professora do Serviço de Atendimento Educacional Especializado com crianças autistas e com Síndrome de Asperger - SAEDE/TID e professora da Sala Multimeios da Prefeitura Municipal de Florianópolis. Atualmente trabalha como assessora da Gerência de Educação Inclusiva de Florianópolis.
    * Política de Educação Especial do município de São José – Painelista: Eni Cristina Ventura: Pedagoga na área de Educação Especial, especialista em Atendimento Educacional Especializado e em Psicopedagogia. Atua na área de Educação Especial desde 1988, tendo trabalhado como professora do Atendimento Educacional Especializado até 2013. Atualmente coordena o Setor de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de São José e o Centro de referência em Educação Especial do município.
    * Política de Educação Especial do município de Palhoça – Painelista: Luciane Marques Nunes. Formada em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Especialista em Psicopedagogia Clinica/Institucional, Especialista em Neuropsicopedagogia, Especialista em Atendimento Educacional Especializado – AEE. Trabalha há 20 anos com Educação Especial, já trabalhou em sala de aula, sala de AEE, coordenação escolar, coordenação de centro de atendimento. Atualmente é coordenadora da Educação Especial no Município de Palhoça.
  • 14:30: Debates.
  • 14:50: Palestra: “O papel da intervenção precoce no processo de desenvolvimento da criança com deficiência visual”
    Palestrante: Lílian Teresa Bosquetti, Formada em Pedagogia com habilitação em Educação Especial e pós-graduada em Prática Pedagógica Interdisciplinar e Gestão Escolar. Trabalha na Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC há sete anos como Professora de Estimulação Visual, Multissensorial e Letramento de crianças cegas e com baixa visão de zero a 10 anos.
  • 15:30: Debates.
  • 15:50: coffee-break.
  • 16:10: Palestra: “A importância da Educação Física no processo de desenvolvimento da criança com deficiência visual.”
    Palestrante: Hilda Pacheco. Possui graduação Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas/RS e Pós-graduação em Educação Física Escolar nas Séries Iniciais pela mesma Universidade. Realizou Curso de atendimento Educacional Especializado pela Universidade Federal de Santa Maria/RS e Curso de Aperfeiçoamento em Educação Especial: Formação de Professores na Área da Deficiência Visual pela Universidade do Estado da Bahia. Atualmente é professora de Educação Física do Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento Infantil – CADI – da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC.
  • 16:50: Debates.
  • 17:10: Palestra: “A ludicidade agregando conceitos ao processo de desenvolvimento da criança com deficiência visual”
    Palestrante: Inês Berlanda Seidler. Formada em pedagogia séries iniciais pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, habilitação em educação especial e pós-graduação em Psicopedagogia. Tem experiência profissional em produção de material em Braille, informática e alfabetização Braille. Atualmente trabalha com elaboração conceitual e letramento de crianças com cegueira congênita na Associação Catarinense para Integração do Cego - ACIC, bem como capacita professores nas áreas da deficiência visual.
  • 17:50: Debates.
  • 18:10: Encerramento dos trabalhos deste dia.

Dia 29 de outubro (quarta-feira)

  • 08:30: Apresentação cultural e coffee-break.
  • 09:00: Painel 2:
    Tema: “A importância do material acessível para o processo de inclusão educacional da pessoa com deficiência visual”
    * Trabalho efetuado pelo Centro de Apoio Pedagógico da Secretaria de Educação do município de Florianópolis - painelistas: Liliana Rotolo Soares e Rosali Maria de Souza Silva: Liliana é graduada em Educação Especial e pós-graduada em atendimento Educacional Especializado pela Universidade Federal do Ceará. Atua no CAP/ Florianópolis desde 2003.
    Rosali é formada em Pedagogia – Habilitação em Educação Especial, e com especialização em Educação Inclusiva. Atuou muito anos em Sala Multimeios, na Gerência de Educação Inclusiva e atualmente trabalha no CAP/Florianópolis na transcrição de material em Braille.
    * Trabalho efetuado pelo Centro de Apoio Pedagógico da Fundação Catarinense de Educação Especial – painelista: Bárbara Karolina Araújo. Pedagoga com Habilitação em Orientação Educacional pela Universidade do Estado de Santa Catarina, cursou psicopedagogia institucional na FMP e faz mestrado em Educação na linha de Pesquisa Educação Estado e Política Públicas na Universidade Federal de Santa Catarina. Atua como Orientadora Educacional na Prefeitura de São José e como Professora Transcritora Braille na Fundação Catarinense de Educação Especial.
  • 9:40: Debates.
  • 10:00: Palestra: “A audiodescrição como recurso auxiliar ao processo de inclusão educacional da pessoa com deficiência visual”
    Palestrante: Chico Faganello. É jornalista formado no Brasil com especialização em cinema na Itália e Estados Unidos, e Doutor em Literatura. Escreve, produz e dirige filmes para cinema e televisão. Atua na Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e diretor da produtora “Filmesquevoam”, pioneira no Brasil na difusão de cinema brasileiro acessível.
  • 10:40: Debates.
  • 11:00: Painel 3:
    Tema: As várias vertentes facilitadoras do processo de inclusão educacional da pessoa com deficiência visual.
    * A importância da reabilitação visual no processo de inclusão educacional da pessoa com deficiência visual – painelista: Bárbara Karolina Araújo. Pedagoga com Habilitação em Orientação Educacional pela Universidade do Estado de Santa Catarina, cursou psicopedagogia institucional na FMP e faz mestrado em Educação na linha de Pesquisa Educação Estado e Política Públicas na Universidade Federal de Santa Catarina. Atua como Orientadora Educacional na Prefeitura de São José e como Professora Transcritora Braille na Fundação Catarinense de Educação Especial.
    * A importância da intervenção pedagógica complementar de 0 a 10 anos para a escolarização da criança com deficiência visual – painelista: Fabiane Araujo Chaves. Formada em Psicologia pela Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL, cursando graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC. Atuou como educadora em projetos sociais e ministrando aulas para pessoas com deficiência intelectual. Atualmente trabalha como professora no Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento Infantil – CADI, da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC.
    * A reabilitação integral da pessoa com deficiência visual e o processo de inclusão educacional – painelista: Marcilene Aparecida Alberton Ghisi. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado de Santa Catarina -UDESC, especialização em Especialização em Educação Especial Inclusiva pela Universidade Norte do Paraná, especialização em Educação Especial: Form. Professora para o Atendimento Educacional Especializado pela Universidade Federal do Ceará e aperfeiçoamento em Educação Especial: Deficiência Visual pela Universidade do Estado da Bahia. Atualmente é professora das áreas de habilitação e reabilitação do Centro de Reabilitação, Profissionalização e Convivência – CRPC -, da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC.
  • 12:00: Debates.
  • 12:20 – 14:00: Intervalo para almoço.
  • 14:00: Palestra: “Desenho Infantil e seu Ensino às crianças cegas”
    Palestrante: Maria Lúcia Batezat Duarte. É professora associada da Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, atuando na graduação e pós-graduação em ensino de artes visuais. Realizou mestrado e doutorado na Universidade de São Paulo, USP, e estágio de pós-doutoramento na Universidade de Paris-1. Publicou recentemente os livros “Desenho infantil e seu ensino a crianças cegas. Razões e Método” (2011) e “Vocabulário Pictográfico para a educação inclusiva – 1 Animais” (2013), este último em parceria com Maria Ines Piekas.
  • 14:40: Debates.
  • 15:00: Palestra: “A participação da rede de apoio sócio-assistencial no processo de inclusão educacional da pessoa com deficiência visual.”
    Palestrante: Lidiane Cristina da Costa Barbosa. Possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, atuou como Conselheira Titular do Conselho Municipal da pessoa com Deficiência - CMPD, Conselheira Suplente do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS e Conselheira Titular do Conselho Municipal de Saúde – CMS. Atualmente é Assistente Social do Centro de Reabilitação, Profissionalização e Convivência – CRPC, da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC.
  • 15:40: Debates.
  • 16:00: – Painel 4:
    Tema: A promoção da acessibilidade para as pessoas com deficiência visual no Ensino Superior.
    * Núcleo de Acessibilidade da Universidade Federal de Santa Catarina – Painelista: Patrícia Muccini Schappo. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005). Atualmente é pedagoga em Educação Especial da Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Atuou como professora na Associação Catarinense para Integração do Cego (2005-2009), bem como tutora do curso de pedagogia, ensino a distância, da Universidade Luterana do Brasil (2009). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: Pessoa com deficiência, acessibilidade, surdocegueira e formação de professores.
    * Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC – painelista: Geisa Letícia Kempfer Bock, graduada em Educação Especial com Mestrado em Educação e Formação de professores. É Professora do Centro de Educação a Distância da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC e membro do Laboratório de Educação Inclusiva – LEdI/CEAD. Atuou como Gerente de educação Inclusiva na Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis de 2008 a 2011, foi supervisora de conteúdos da área de deficiência física no curso de pós graduação em Atendimento Educacional Especializado/UFC. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Permanente, atuando principalmente nos seguintes temas: professores, educação, inclusão, Atendimento Educacional Especializado, Educação Inclusiva e Burnout;
    * Universidade do sul de Santa Catarina - UNISUL – painelista: Salete Cecília de Souza. Graduação em Biblioteconomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1993), Especialização em Gestão da Informação (1997) e mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004). Bibliotecaria, Coordena a Biblioteca da UnisulVirtual, Coordenadora do Programa de Promoção de Acessibilidade da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) e docente da UnisulVirtual. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Processos de Disseminação da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: biblioteconomia - desenvolvimento profissional, biblioteca universitária, bibliotecas universitárias, acessibilidade, educação inclusiva no ensino superior e gestão do conhecimento.
  • 17:00: Debates.
  • 17:20: coffee-break.
  • 17:40: Palestra: “O papel da família no processo de inclusão educacional da pessoa com deficiência visual”
    Palestrante: Simone Vieira de Souza. Possui graduação em Psicologia pela Universidade do Sul de Santa Catarina, especialização em Psicologia e Saúde Coletiva e em Psicologia Clínica, mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é professora Adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina. Atua em projetos de pesquisa e extensão na área de Psicologia Escolar e Educacional, com ênfase nos estudos sobre o estudante, trajetórias de escolarização, violência e queixa escolar. Coordenadora de Assuntos Estudantis da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis da UFSC, é Conselheira na atual gestão do Conselho Regional de Psicologia de SC.
  • 18:20: Debates.
  • 18:40: Avaliação do evento e solenidade de encerramento.

Comissão organizadora:

  • Fabiane Araujo Chaves: Professora da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC
  • Maristela Sartorato Pauli Bianchi: Gerente Técnica da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC
  • Marcilene Aparecida Alberton Ghisi: Professora da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC
  • Inês Berlanda Seidler: Professora da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

Faça sua inscrição